Ultralight Backpacking é um estilo de Backpacking, como o próprio nome já diz. Além do Ultraligth Backpacking, temos o Light Backpacking e o tradicional Backpacking.

É bom enfatizar que não existe uma definição exata que seja considerada correta para o termo Ultralight Backpacking. O termo é usado por muitas pessoas nos Estados Unidos, berço do Ultraligth Backpacking, onde os praticantes mais experientes e a comunidade dos Ultralight Backpackers compartilham do mesmo Mind Set.

Portanto fica claro que a origem do termo remonta os Estados Unidos da América onde a comunidade dos Ultralight Backpackers é a maior dentre todos os países. O próprio nome Backpacking é semelhante em sentido ao Trekking, porém você ouvirá americanos dizendo Backpacking e europeus dizendo Trekking, no fundo são a mesma coisa.

Não vamos adentrar nas diferenças entre Backpacking e Trekking, pois basicamente são diferenças culturais, existentes entre povos de nações distintas.

Na prática, os Ultralight Backpackers reconhecem que para se tornar um, você deve carregar entre 4.5kg e 6.8kg, deste peso deve ser excluído água, comida e combustíveis (bens consumíveis). Então sua mochila, abrigo (barraca, bivaque, rede ou Tarp) isolante térmico, saco de dormir, itens de cozinha, vestuário e outros acessórios opcionais como filtro de água, pequeno diário ou livro, GPS, máquina fotográfica e Etc., devem estar dentro de 4.5Kg e 6.8Kg.

Mas não basta ter uma mochila com o peso entre 4.5Kg e 6.8Kg para estar dentro da categoria de Ultralight Backpacking, você deve estar dentro deste peso com segurança. Se você está dentro do peso mas seu equipamento não te proporciona segurança para passar uma noite aquecido, com segurança, em uma madrugada com temperaturas baixas, você não é um Ultralight Backpacker, talvez seja um aventureiro inexperiente arriscando sua segurança (para não dizer vida).

Sabemos que os Ultralight Backpackers carregam “pouco” peso, mas porque carregar tão pouco peso abrindo mão de certos confortos como o de se levar um pequeno travesseiro, isolante térmico maior, cafeteira ou uma barraca maior?

A resposta pode ser MOBILIDADE, talvez as duas mais famosas trilhas dos Estados Unidos sejam a Pacific Crest Trail e a Appalachian Trail, com cerca de 4.200 quilômetros e 3.500 quilômetros de extensão respectivamente, e por incrível que pareça, todos os anos milhares de pessoas fazem a peregrinação por estas trilhas.

Já pensou em quanto tempo se leva para completar estas trilhas carregando equipamentos convencionais? E quanto tempo pode ser poupado carregando a metade do peso? O tempo para se completar a Pacific Crest Trail pode ficar próximo de 3 meses ou de 6 meses, claro que vai depender muito do preparo de cada um, mas a maioria completa depois dos quatro meses, se intensificando no quinto mês. Quanto mais leve se está mais mobilidade se tem, e mesmo as pessoas com mais preparo andam muito mais rápido com a metade do peso.

Mas o Ultralight Backpacking não foi feito somente para longas distâncias, os adeptos buscam mobilidade que não se consegue com o dobro do peso independente se a trilha é curta ou longa. A maioria dos adeptos e praticantes fazem seções, trechos menores das trilhas completas, podendo ser de três dias, uma semana, duas semanas, não importa, o que importa é a mobilidade, ou algo do gênero, a resposta é individual.

As pessoas que querem entrar em uma categoria, qualquer que seja, devem primeiro entender qual benefício irão obter e se este benefício ou valor está alinhado com o que buscam. Tem muito a ver com estilo de cada um, alguns buscam conforto, outros mobilidade, mas pode ser que você busque conforto com mobilidade, e tudo bem, pode ser que vá para o Light Backpacking.

Também deve-se ter em mente que o Ultralight Backpacking não é para todo tipo de trilha como montanhas com altitudes elevadas e temperaturas muito baixas. Não existe uma regra, mas um norte a seguir são condições de três estações do Backpacking.

Também há quem busca algo totalmente diferente do Backpacking, como por exemplo escalar, dentro deste esporte também há diversas categorias, como escalada esportiva, escalada esportiva em estruturas artificiais, escalada livre, Boulder, escalada Alpina, e por aí vai.

Para finalizar, o Ultralight Backpacking segue como tendência do Backpacking, novos conceitos e novas categorias também não param de surgir, como é o caso do Hyperlite Backpacking, categoria onde se leva menos peso ainda. Assim é o Backpacking, com o surgimento de novas tecnologias, conhecimentos e inovações, novas categorias vão surgindo e novos patamares vão sendo alcançados. Certamente não é um esporte onde os praticantes estão preocupados em chegar na frente, mas fazer da melhor forma aquilo que amam.